openSUSE Leap 42.3 disponível – Confira as novidades

Em 2018, a próxima versão será a openSUSE Linux Leap 15

Postado por Ricardo Ferreira Costa em 26 de julho de 2017

Distribuições

Projetada para ser uma distribuição híbrida, que usa a base do SUSE Linux Enterprise – SLE (versão comercial e com suporte técnico da SUSE), a terceira grande atualização do openSUSE Leap 42 está disponível oficialmente depois de ficar em desenvolvimento nos últimos 8 meses. Hoje, 26 de julho de 2017, o openSUSE Leap 42.3 é oficialmente liberado para computadores pessoais.

openSUSE Leap 42

O Leap (“salto”) é uma distribuição híbrida, distribuída gratuitamente, que usa a base do SUSE Linux Enterprise – SLE (versão comercial e com suporte técnico do SUSE). Por ter como base uma distribuição empresarial (SLE, no caso), a estabilidade do sistema aumenta significativamente; chegando a ser difícil encontrar outra distro Linux que possa “competir” nesse quesito.

Em resumo, o openSUSE Leap une o desenvolvimento com a comunidade openSUSE e a base de pacotes do SLE – no passado, o desenvolvimento do SLE e do openSUSE era separado 🙂

Para saber mais sobre essa versão do openSUSE, veja AQUI.

openSUSE Leap 42.3

Seguindo as atualizações do SLE 12 SP3 foi liberado a point release openSUSE Leap 42.3. As atualizações contidas tendem a melhorar a estabilidade do sistema e corrigir erros anteriores. Deixando como principal “mudança” o alinhamento no calendário (SLE e openSUSE Leap) dos próximos lançamentos. Em 2018, a próxima versão do LEAP será a 15 🙂

Em geral, é visto nesta versão a penúltima versão do kernel LTS (Linux 4.4), a versão Plasma LTS (5.8.7), GNOME Shell 3.20, juntamente com outras possibilidades, como o Xfce 4.12.

Além disso, novas funcionalidades ao Yast (um dos motivos para se usar o openSUSE), adição do suporte de Boot Confiável aos sistemas EFI (Trusted Boot support to EFI), melhorias no particionador avançado, melhor seleção de software durante a instalação, suporte de partições MD RAID e muito mais.

Esta versão é considerada uma das primeiras distribuições Linux a fornecer uma imagem oficial para Raspberry Pi e outros dispositivos ARM. Se você tiver um desses dispositivos (ARM8 de 64 bits), você pode baixar facilmente uma imagem de sistema que seja completamente compatível com este hardware.

Veja mais novidades no Anúncio Oficial e na Release Note.

Via | Blog News openSUSE | FossPost

Download

https://software.opensuse.org/distributions/leap

O openSUSE fornece imagens na nuvem que podem ser facilmente instaladas no EC2, OpenStack, Microsoft Azure ou outros fornecedores de nuvem:

http://download.opensuse.org/repositories/Cloud:/Images:/Leap_42.3/images/

Releases

A primeira versão do Leap 42 (a 42.1) foi divulgada em novembro de 2015. Em novembro de 2016, a versão 42.2.

Depois do lançamento do openSUSE Leap 42.2, conforme portal oficial do Leap, o Leap terá lançamentos em tempos menores e espera-se que os usuários atualizem para a versão mais recente dentro de no máximo 6 meses depois da divulgação de nova versão.

Assim, o suporte de cada versão será mantido da seguinte maneira:

Leap 42.1 – até 6 meses depois da 42.2 (segundo trimestre de 2017) <-- DESCONTINUADA
Leap 42.2 – até 6 meses depois da 42.3 (segundo trimestre de 2018)
Leap 42.3 – até janeiro de 2019

Posteriormente, seu sucessor, será lançado, em 2018, e será, o openSUSE Linux Leap 15, a versão com o número 15 como forma a alinhar o calendário de lançamentos com o SUSE Linux Enterprise (SLE) 🙂

Mais sobre

Saiba tudo sobre as características e novidades divulgadas no Opensuse – Leap e Tumbleweed
openSUSE Leap 42.2 disponível

Ricardo Ferreira Costa

Ricardo Ferreira Costa

Fundador do Linux Descomplicado - LD.

Sempre em busca de novos conhecimentos, preza por conteúdo de qualidade e auto-explicativo. Por isso, persiste em criar um site com artigos relevantes para todos os leitores do Linux Descomplicado!
Ricardo Ferreira Costa

Recomendo que leia:

Desenvolvedores do Fedora planejam suspender suporte a plataforma 32 bits
Kali Linux oferece ebook gratuito para dominar de vez sua plataforma
Ubuntu 17.10 com Wayland por padrão e GNOME Shell 'remodelado'
Em 2017, Linux supera a marca dos 3% do mercado de desktops